Category Archives: Morar no exterior

  • 0
travel-1410824 (2)

Programa Passaporte em Ação

Category : Morar no exterior

travel-1410824 (2)

O que é?

O Programa Passaporte em Ação foi desenvolvido para quem deseja realizar o sonho de morar no exterior. Trata-se de um programa que irá te auxiliar desde o planejamento da mudança do Brasil até o suporte emocional necessário para uma adaptação tranquila quando chegar no seu destino.

Através da utilização de ferramentas da psicologia e do coaching, o programa irá te auxiliar a fazer um plano de ação para que o sonho saia do campo das ideias e se torne um projeto a ser realizado. Além de te auxiliar com as questões práticas, o programa trabalha questões emocionais que muitas vezes é o grande responsável por travar a realização dos nossos sonhos. Com uma abordagem consistente, o programa irá proporcionar o autoconhecimento, e irá trazer luz as suas crenças limitantes que são as responsáveis pelas suas ações de autossabotagem.

Além disso o programa irá te acompanhar desde seu planejamento, até seu embarque e chegada ao seu tão sonhado destino. Oferecendo acompanhamento psicológico na sua chegada lá, proporcionando uma adaptação mais tranquila e maior segurança emocional.

Para quem é indicado?

Para brasileiros que queiram morar no exterior, por qualquer período de tempo, e:

01 Não sabem por onde começar a realizar esse projeto;
01 Já possuem ideia do que querem fazer, para onde ir, mas não sabem como colocar em prática;
01 Para quem quer descobrir onde ir, como ir, e o que é necessário para realizar esse projeto;
01 Para quem já tem tudo programado, mas que por algum motivo, que não sabe muito bem qual, não consegue colocar o projeto em prática;
01 Para quem deseja muito morar fora, mas que por questões emocionais tem dificuldades de sair do Brasil e tentar algo novo lá fora.

Benefícios

01 Realizar um plano estruturado para viver a experiência de morar fora;
01 Conhecer os reais motivadores de ter essa experiência;
01 Conhecer quais são as travas emocionais que o impedem de seguir o seu sonho;
01 Aprender a lidar com as travas emocionais e superá-las;
01 Aprender a lidar com as emoções conflitantes típicas dessa escolha nada simples;
01 Ter uma visão mais próxima da realidade de viver no exterior;
01 Ter apoio emocional para lidar com a saudade, ansiedade e sentimentos conflitantes típicas da adaptação em um novo país.

Como funciona?

O programa é composto por 12 sessões, de 1h30 cada uma, feitas por skype. Sendo 10 sessões realizadas aqui no Brasil antes do embarque, e 2 realizadas quando já estiver no destino.

Entre em contato e realize o seu sonho de morar no exterior!


  • 0
directory-466935

Expectativa x realidade de morar no exterior

directory-466935

Por: Thaís Canto e Raquel Sá

Para quem nunca morou fora, existe sempre aquela expectativa gostosa de que tudo será melhor, diferente, maravilhoso, e que tudo será quase perfeito. Realmente existem muitas mudanças que são positivas, outras nem tanto. Neste texto vamos abordar algumas situações engraçadas (e bem reais também) que refletem a expectativa versus realidade de morar no exterior.

1) Saindo do aeroporto

Expectativa: Sairei do aeroporto “divando” num taxi ou Uber que me levará confortavelmente até meu destino final.

Realidade: Você fica perdido. Não sabe para que lado ir. Não entende as placas, nem o que dizem. Você vai pegar o carrinho para carregar as malas e ele é pago (!?).
Você já pesquisou o preço do taxi ou Uber? Só para você ter uma ideia, do aeroporto internacional de Londres até a região central da cidade você gastará pelo menos umas 30,00 Libras de Uber e no mínimo umas 80,00 Libras de Taxi. Já em Toronto você gastará uns 60,00 Dólares Canadenses de Uber e no mínimo uns 53 Dólares Canadenses de táxi. Se você, assim como muitas pessoas, se mudar com o orçamento limitado, vai pensar 2 vezes (talvez só uma mesmo) antes de chamar um serviço de transporte privativo. E se é para viver como os locais, por que não se acostumar desde a chegada, né? O transporte público é bem mais em conta e funciona muito bem na maioria das cidades desenvolvidas do mundo.

2) Dinheiro

Expectativa: Vou nadar em dinheiro. Vou poder comprar tuuuudo (ou quase) que eu quiser. O céu é o limite. Afinal, em geral a moeda de outros países vale mais que o dobro do Real.

Realidade: Porém, em muitos lugares o custo de vida também é mais alto do que você teria no Brasil e por isso você precisa trabalhar fim de semana, fazer as contas e torcer para te chamaram para aquele horário extra de domingo, pois só assim você conseguirá juntar para aquela viagem de que você estava planejando desde que se mudou do Brasil.

3) Dividindo apartamento com estrangeiros

Expectativa: Dividindo apartamento?!?!?! Fala sério! Eu quero mesmo é morar num loft só meu com vista para o Central Park.
Ah, ok…! Eu entendo que no início nem tudo é perfeito e que fazer um pouco de economia não faz mal a ninguém. Além do mais, vai ser bem legal a troca cultural, viver com pessoas de diferentes lugares/nacionalidades e posso até aprender mandarim com meu “roomate”, né?

Realidade: As pessoas não lavam a própria louça, não limpam a casa, não respeitam os dias que podem usar a máquina de lavar, chamam os amigos sem te avisar e ainda comem sua comida. É…. é mais ou menos por aí esta incrível experiência de dividir seu espaço com outras pessoas. Provavelmente você aprenderá muito mesmo, principalmente sobre flexibilidade, paciência e tolerância.

4) Cozinhando

Expectativa: Vou continuar cozinhando como sempre fiz! E não adianta vir com essa história de passar a comer a comida local. Não abro mão do meu feijão com arroz e farofa, viu?!

Realidade: Não existe o ingrediente principal para o prato que você tanto ama. Você pensa em substituir, mas você não sabe o nome que dão para aquilo na língua local. Ou você vê a embalagem de algo que poderia substituir, mas você não consegue entender para que aquele alimento serve. Ou resolve temperar um simples frango com limão (uns 8 limões talvez seja suficiente) e acaba descobrindo no caixa que pagará 16 Dólares (!!!) para ter essa iguaria temperando seu frango.
Esta última parte é baseada em fatos reais.

5) Indo as compras

Expectativa: Obaaaa!!!! Essa é a melhor parte! Tantas roupas diferentes. Vou renovar meu guarda-roupa prá já! Vai ser muito divertido.

Realidade: Você não sabe o seu número. Experimenta vários números diferentes para descobrir que o padrão de lá não se aplica ao padrão do seu corpo.

6) Comprando lingerie

Expectativa: Com tantas roupas diferentes lá, também deve ter umas lingeries bem lindas e sexies. Vou fazer uma surpresa pro boy.

Realidade: Você vai comprar lingerie e descobre que só existem dois tipos de calcinha. Fio dental ou calçola da vovó. Você também descobre que precisa ter decorado centenas de tabelas de numeração para cada parte do sutiã que você nem sabia que existiam. Fora o vocabulário específico de cada parte que compõe o sutiã.

Aprendendo a gerenciar expectativas

Viver No Exterior GIF - Find & Share on GIPHY

A vida no exterior é super fácil e tranquila? Não! Mas também não precisa ser sofrida. Uma ótima maneira de evitar o sofrimento em decorrência do não alcance ou superação das expectativas é aprender a gerenciá-las.
Provavelmente você já deve ter ouvido alguém te falar: “- crie codornas, mas não crie expectativas.” Esse conselho não é totalmente verdadeiro, pois é quase impossível não criarmos alguma expectativa, seja ela qual for, tanto positiva quanto negativa. Então como podemos lidar melhor com esse tipo de situação?

Aceitando que as expectativas existem
O primeiro passo é você aceitar que tem expectativas e a partir daí reconhecer cada uma delas. Quanto mais clareza você tiver sobre as suas expectativas, mais fácil será conviver com elas e não alimentar sofrimento desnecessário.

Avaliando as expectativas e comparando com a realidade
Agora que você identificou todas (ou quase todas) as suas expectativas, procure compará-las com a realidade e verificar se são coerentes ou um pouco distorcidas. Uma boa maneira de fazer isso é conversando com pessoas que moram ou moraram onde você deseja ir, ou lendo blogs e vendo vídeos de pessoas de lá. Também procure saber das desvantagens de morar onde você pretende morar. O fato de um país ser mais desenvolvido do que o Brasil não é garantia nenhuma de que você vai gostar de TUDO que encontrar por lá, como por exemplo: comida, pessoas, clima, serviços públicos e etc. Sempre haverá algo que não te agradará e por isso é bom estar preparado para isso com antecedência.

Aceitando que coisas inesperadas acontecem
Por mais que você se prepare, pesquise e planeje cada detalhe desse processo de transição, sempre haverá coisas inesperadas, que em alguns momentos podem ser bem negativas e frustrantes. Considere que isso vai acabar acontecendo e busque as melhores alternativas para superar qualquer novo desafio que surgir.

Buscando suporte emocional
Se você já está no exterior e se identificou com o texto, por estar enfrentando várias destas realidades e este processo tem sido de alguma forma doloroso e frustrante, saiba que você pode buscar ajuda. Nestas horas o suporte emocional oferecido por um psicólogo pode ser extremamente importante para que você possa conversar sobre o que tem te angustiado, pensar em novas possibilidades de como lidar com sua nova realidade, aprender a gerenciar melhor suas emoções e etc. Se o seu domínio do novo idioma não é bom o suficientes ou você não se sente confortável em buscar o serviço de um psicólogo no seu novo país, saiba que existem psicólogos brasileiro que tem o site aprovado para atendimento psicológico online. A Raquel Sá da Lar Além Mar é uma destas profissionais e você pode conhecer os serviços dela aqui.

Se você ainda não realizou seu sonho de morar no exterior, pois ainda se sente em dúvida e confuso sobre qual seria a melhor alternativa, ou ainda não conseguiu decidir qual seria a melhor cidade ou país para você, ou está tendo qualquer tipo de dificuldade para fazer seu planejamento e por em prática, saiba que um processo de coaching poderá te ajudar neste processo e o melhor é que este também poderá ser realizado de forma online de onde você estiver. A Thaís Canto da RealizaSonho Consultoria, além de psicóloga é coach e oferece serviços adequados a esta necessidade. Você pode conhecer os serviços dela aqui. Inclusive ela e a Raquel Sá estão lançando o Programa Passaporte em Ação. Este programa irá te auxiliar desde o planejamento da mudança do Brasil até o suporte emocional necessário para uma adaptação tranquila quando chegar ao seu destino. Veja maiores informações sobre o programa aqui.

Esperamos que com este texto tenhamos deixado claro para você que certa diferença entre expectativa versus realidade é comum e até esperada, porém estas situações não precisam representar um grande sofrimento na sua vida e que é possível se preparar para elas antes mesmo de sair do Brasil. Caso você já tenha saído e esteja enfrentando dificuldades, é possível aprender a lidar com elas de forma mais adequada, basta buscar os recursos necessários para isto.

Imagens: Aqui no exterior e da internet


Cadastre-se e receba dicas sobre carreira

Procure aqui

Últimos Comentários